Nos dias 15 e 16 de fevereiro, o Sesc Vila Mariana recebe o projeto “As Coisas que Mamãe me Ensinou”, show protagonizado pela cantora Fabiana Cozza e convidadas que homenageia as mulheres intérpretes e compositoras de samba. Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Tia Ciata e Clementina de Jesus tem suas obras revisitadas por Fabiana Cozza e as cantoras Tereza Lopes, Nilze Carvalho, Karyna Spinelli e Cris Pereira.

 “O samba é uma Arte que sempre resistiu com o envolvimento de muitas mulheres – na verdade, é graças a elas que o samba existe. Acho fundamental estar no palco com uma banda com mulheres e com solistas que têm muito a dizer através do samba” afirma Fabiana Cozza. O nome do projeto toma emprestado a canção de Leci Brandão para exaltar a ancestralidade e o protagonismo da mulher no samba, especialmente como intérpretes e compositoras.


O repertório relembra e conscientiza o público sobre a contribuição das mulheres na música, ressaltando a história e a importância das homenageadas. A presença masculina surge no lugar de parcerias, por exemplo, em sambas compostos por Dona Ivone Lara e Délcio Carvalho, que serão apresentados no show. O projeto se completa com as cantoras Karynna Spinelli (Recife), Nilze Carvalho (Rio de Janeiro), Cris Pereira e Tereza Lopes (Brasília), convidadas que interpretam as obras de Dona Ivone Lara, Leci Brandão, Tia Ciata e outras artistas, além de apresentarem composições próprias.

Ao longo de sua trajetória, de mais de 20 anos, a cantora Fabiana Cozza sempre homenageou mulheres do universo do samba. Apenas nos últimos anos protagonizou o show Fabianíssima – Tributo à Elizeth Cardoso (2009), o álbum Canto Sagrado – Uma homenagem a Clara Nunes (2012), o espetáculo teatral Razão Social (2016), escrito e dirigido por Gero Camilo, no qual interpretou Dona Zica e Clementina de Jesus, e recentemente gravou o álbum Canto da Noite na Boca do Vento (2019), com canções de Dona Ivone Lara.


A imagem é de Stela Handa.
Compartilhe:

Escreva um comentário...

0 comentário(s)